Quem Tem Medo de Cris Negão?, de René Guerra – Festival de Curtas

O mundo das travestis e o submundo do centro da cidade de São Paulo precisa urgentemente ganhar um longa-metragem, pois o curta Quem Tem Medo de Cris Negão? abre uma série de portas que, por conta da duração, não permitem serem penetradas a contento.

Explicando: Cris Negão, ou Cristiane Jordan, é talvez a última notória travesti cafetina, que ocupou nos anos 2000 o vácuo deixado pela morte de Andréia De Maio (uma das que atirou merecidas pedradas verbais em Afanasio Jazadji no antigo Programa Livre do Serginho Groisman e que ajudou Goulart de Andrade na famosa reportagem de 1985). Andréia, por sua vez, havia sucedido Jaqueline Blábláblá na caftinagem.

Aí veio Cris Negão, que me parece uma espécie de Hiroito das travestis ou um padrinho à moda da máfia italiana. É essa junção entre o amor e o medo por um poderoso chefão que o curta-metragem de René Guerra coloca como preocupação na construção de seu discurso.

Continue lendo a crítica de Quem Tem Medo de Cris Negão? na Revista Interlúdio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s