Morre Nagisa Oshima

Cena de Furyo – Em Nome da Honra

Morreu o provocador Nagisa Oshima, lembrado por um público mais amplo lembra por Império dos Sentidos e citado por um cinéfilo com iniciação mínima na Nouvelle Vague japonesa por Kôshikei e Furyo – Em Nome da Honra.

Deixo aqui três dicas de leitura. Um breve perfil escrito por José Geraldo Couto na Carta Capital, que apresenta Oshima [leia aqui]; o obituário escrito por Peter Bradshaw e publicado no The Guardian, que evita uma abordagem clichê [leia aqui] e o link da Film Studies for Free com uma porção numerosa de ensaios sobre o diretor [leia aqui].

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s