Portfólio | Portfolio

Minicurrículo (scroll down for the English version)

Heitor Augusto atua como curador independente, crítico de cinema, pesquisador e professor. Curador da retrospectiva Cinema Negro: Capítulos de uma História Fragmentada (FestCurtasBH 2018), projeto que investigou os curtas-metragens dirigidos por realizadores negros entre 1973 e 2017. Atuou como um dos programadores de longas-metragens do Festival de Brasília (17-18), além de ter assinado os projetos curatoriais Amor-Negro-Herói (Nicho Novembro); Mulheres Negras, Signo Plural (Tomie Ohtake), (Re)Imaginando Vidas Negras: E se Fôssemos Livres? (Cine Lúdica); Multiplicidade da Experiência Negra (Sesc Campinas), entre outros. Augusto integra também o Programmers of Color Collective, rede internacional de curadores não-brancos de cinema. Em 2020 integrou o júri do Teddy Award na Berlinale.

Com mais de uma década de atuação no cinema, tem textos publicados veículos brasileiros e internacionais, além de ter ministrado oficinas de curadoria voltada a jovens negros. Como professor lecionou, entre outros, os cursos: Blaxploitation e o cinema negro americano; Spike Lee: Raça, cinema e identidade; O negro no cinema brasileiro: uma história em construção; Um olhar sobre os corpos pretos LGBT no cinema; Imaginário racial no cinema brasileiro e americano; Multiplicidade do cinema africano.

Mantendo constante contato com a diáspora negra, atualmente faz investigações curatoriais das manifestações experimentais e queer negras no cinema, tecendo possíveis pontes entre Brasil e Estados Unidos. Pesquisa o Blaxploitation sob uma perspectiva estética-formal, histórica, racial e política. Desde 2015 tem desenvolvido, por meio de textos, aulas e projetos curatoriais, uma cartografia da presença negra no cinema brasileiro. O Urso de Lata (www.ursodelata.com) é seu site pessoal, onde exercita uma escrita que habita as intersecções entre raça, estética e política.

Em 2019 fundou, ao lado de Fernanda Lomba e Raul Perez, o Nicho 54, instituto voltado à estruturação das carreiras de profissionais negros e negras no audiovisual, bem como para a construção de ações de equidade racial na indústria do cinema. Em 2020 o instituto coloca em prática seu primeiro conjunto de ações.

*

Based in São Paulo, Brazil, Heitor Augusto works as an independent programmer, film critic, lecturer and translator. He programed Black Brazilian Cinema: Episodes of a Fragmented History, a retrospective hosted at Belo Horizonte International Short Film Festival and focused on short films spanning the period from 1973 to 2017. The retrospective was also accompanied by a 374-page catalogue, the most comprehensive effort yet to investigate the presence of Black directors. He has also programmed for other festivals, retrospectives and film clubs. He’s the head programmer for NICHO 54, an institute, of which he is a co-founder, working for the promotion of film education to Black Brazilians, as well as pushing for racial equity in the industry.

Through this his work has helped to uncover systemic invisibilities perpetuated by traditional approaches to film history, providing healing to historically shattered subjectivities, as well as being an integral part of forging his own identity. Since 2015 Augusto has been mapping the presence of Black Brazilians in film history and such material will constitute an innovative research to be published in 2021. In constant exchange with the African Diaspora, his current curatorial research focuses on experimental films and queer cinema directed by Black filmmakers, with a special interest in bridging Brazilian with American expressions. In American film, his main object as a researcher is Blaxploitation cinema, with which he’s engaged from a formal, aesthetics, historical, racial and political perspective. His writing in English can be found at https://ursodelata.com/category/in-english/.

A member of Berlinale’s 2020 Teddy Award, Augusto is also part of the Programmers of Color Collective, an international network of racialized curators working with cinema and moving images.

Cursos, oficinas, palestras | Seminars, Workshops and Lectures

Este slideshow necessita de JavaScript.

Críticas, artigos e ensaios | Film criticism, articles and essays

Entrevistas em vídeo | Video Interviews

  • Painel “Reimaginando a Curadoria de Filmes com o Coletivo Programmers of Colour” | Roundtable “Reimagining Film Curation with the Programmers of Colour Collective” (2020; In English, no subtitles)
  • Entrevista para o Teddy Award | Teddy Award Interview (2020; In English, no subtitles)
  • “Como Pensamos o Cinema Negro?” – Projeto Enquadro | “What are our thoughts around Black Cinema? (2019; In Portuguese; no English Subtitles)
  • Entrevista para o Cine Festivais sobre Curadoria, Representatividade e Ocupação de Espaços | Cine Festivais’ interview on Curatorship, Representation and Occupying white-dominated spaces (2017; In Portuguese, no subtitles)
  • Conversa sobre Jericó – Mostra Internacional de Cinema na Cultura | On Cristian Petzold’s Jerichow (2013; In Portuguese, no subtitles)
  • Debate sobre Blackface no cinema, a partir da peça A Mulher do Trem | A conversation around Blackface in cinema and the controversy around the Brazilian play A Mulher do Trem (2015; In Portuguese, no subtitles)
  • Conversa sobre homossexualidade no cinema a partir de Amor é a cor mais quente – Metrópolis/TV Cultura | A conversation around the representation of gay characters in cinema (2013; In Portuguese, no subtitles)
  • Conversa sobre Curta-metragem – Rede Minas | A conversation around the specificities of short films (2013; In Portuguese, no subtitles)

Jornalismo

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s